Proposta de redação sobre Direitos Humanos

Com base na leitura dos textos motivadores seguintes e nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em norma padrão da língua portuguesa sobre o tema AS POLÍTICAS PÚBLICAS E O RESPEITO AOS DIREITOS HUMANOS, apresentando proposta de conscientização social que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

Coletânea

Leia com atenção os seguintes textos.

Abu Ghraib é aqui (fragmento)
SÃO PAULO - Deu na Anistia Internacional, a respeitada organização de defesa dos direitos humanos sediada em Londres: as torturas generalizadas nas delegacias e prisões do Brasil são comparáveis às praticadas mundo afora na chamada "guerra ao terror" dos EUA, tão criticada pelo governo brasileiro. Eu acho que as torturas aqui são piores. São brasileiros torturando brasileiros na nossa também falida "guerra ao crime", sem que nenhuma autoridade mova uma pedra para efetivamente mudar a situação, sem que a sociedade civil mostre horror diante do conhecido fato, sem que o Congresso brasileiro, como ocorre com o dos EUA, investigue a fundo o flagelo de pardos, pretos e pobres em nossas jaulas. Mesmo o massacre de 111 detentos no Carandiru, em 1992, passou impune. Ninguém até hoje cumpriu pena pelas mortes. E o coronel que comandou a operação elegeu-se deputado por São Paulo.
MALBERGIER, Sérgio. Folha de São Paulo, 27/05/2004.

As teses, atos e fatos sobre as políticas públicas para as comunidades mais pobres estão dividindo ao meio a cidade. Da mesma forma a repressão à informalidade apenas com vistas à visibilidade para a classe média. As pesquisas de opinião mostram isso a cada tema levantado. E grave: induzindo (intencionalmente) a classe média a criminalizar os pobres. Situações como essas podem produzir rupturas "culturais", quebrando a sensação unitária de pertencimento à mesma cidade. Essa identidade sempre foi a do Rio, onde a desigualdade social pouco afetou a unidade espacial nas praias, nos campos de futebol, na música, nas festas... Uma sensação de não pertencimento à mesma cidade produz uma nova identificação ideológico-religiosa, que defina nitidamente uma fronteira. Isso leva a busca de novos referentes e valores, incluindo os meios de comunicação. Já está sendo assim, entre os mais pobres em relação à audiência da TV. E, isso, sem tocar no tema violência. Nesse caso, os exemplos são os mais diversos em tantos países, da América Central à França. Há que se avaliar muito, refletir muito, os desdobramentos de tais teses, atos e fatos.

Ex-Blog do César Maia

Motivado pela declaração do prefeito Eduardo Paes de que "a remoção das favelas não pode ser tabu", o jornal O Globo lembrou que isso já aconteceu nas cercanias da Lagoa Rodrigo de Freitas:

Clique para ver a imagem maior

Ainda repercutindo essa declaração do atual prefeito, o site desse mesmo jornal propôs, na manhã do domingo de Páscoa, uma enquete entre seus leitores: "Você é a favor da remoção das favelas?". Mais de três mil pessoas responderam à pergunta. 95% delas se disseram a favor.

Instruções

•   O rascunho da redação deve ser feito no espaço apropriado.
•   O texto definitivo deve ser escrito à tinta, na folha própria, em até 30 linhas.
•  A redação com até 7 (sete) linhas escritas será considerada insuficiente e receberá nota zero.
•  A redação que fugir ao tema ou que não atender ao tipo dissertativo-argumentativo receberá nota zero. A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação ou do Caderno de Questões terá o número de linhas copiadas desconsiderado para efeitos de correção.